Atualização para Hearts of Iron IV

Em nota, a Paradox anunciou o lançamento da primeira grande atualização para Hearts of Iron IV. Dentre as novidades da versão 1.1 estão algumas melhorias na interface e ajustes na inteligência artificial.

Agora o jogador poderá desginar posturas para os grupos de comando. Eles podem realizar as suas ordems de maneira cautelosa, balanceada ou com agressividade. Já na área do design de modelos de unidades, um template vazio foi adicionado. Portanto, agora fica mais prático a adição de novos modelos para as fábricas militares do que atualizar constantemente os modelos atuais.

Já os países controlados pela inteligência artificial agora darão mais ênfase na criação de batalhões de infantaria e aviões. Aqueles que ficaram incomodados com a maneira que os esquadrões de vôo se portavam em combate podem respirar aliviados, pois alterações no sistema farão com que eles priorizem as regiões mais importantes ao invés de combater a mesma região até que tenha total dominação.

Ainda no assunto de inteligência artificial, as frotas navais de países da IA serão melhor distribuídos pelos setores e a IA não irá hesitar em usar toda a frota disponível. Quem sabe com isso as batalhas navais não fiquem mais interessantes.

Outras dezenas de bugs foram corrigidas, como ajustes nos valores de Wargoals, correção nas doutrinas e bônus de tanques soviéticos. Talvez o mais importante de todos, porém, é a alteração da posição da cidade de São Paulo para que ela pertença de fato ao estado de São Paulo. Algo que passou completamente despercebido por mim. A lista completa de alterações feitas pela atualização 1.1 para Hearts of Iron IV está disponível no fórum da Paradox.

Enquanto isso, aproveite e dê uma lida em nossa análise de Hearts of Iron IV, o qual consideramos um dos melhores jogos de Grand Strategy da Paradox dos últimos tempos. Com essas melhorias, espero que fique apenas ainda melhor.

Atualização para Hearts of Iron IV traz melhorias na interface

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.