Broken Arrow

É incrível como bastou alguns anos sem um novo “Wargame: Red Dragon” da Eugen Interactive e agora todas as desenvolvedoras estão correndo para preencher este buraco. Primeiro foi a Microprose com “Regiments” e agora a Slitherine com o seu RTS “Broken Arrow” – que teve nesta quinta-feira (27) um novo trailer sobre a personalização de veículos.

O sistema de personalização de veículos é um dos grandes diferenciais de “Broken Arrow” em comparação tanto com “Wargame: Red Dragon” ou “Regiments”, que ou usam veículos “fixos” ou uma tabela gigante de variantes. O vídeo mais recente se foca no veículo anti-infantaria Bradley, que pode ser alterado para ter o seu foco em combate anti-tanque com mísseis ou alternativamente carregar mais munição ou servir como uma plataforma anti-aérea. Até mesmo o tipo de “proteção” que é utilizada no veículo pode ser ajustado.

Se isto for um terço da capacidade do game, ele já tem o potencial de ser o meu jogo do ano de 2023. Um dos maiores problemas desse subgênero é a quantidade de variantes de veículos disponíveis. Vide o próprio WARNO da Eugen, que também busca reviver a “experiência” de jogar “Wargame: Red Dragon”. Embora ainda esteja em acesso antecipado, ele já conta com dezenas variantes de veículos que fazem o aprendizado e a criação de “decks” para partidas online e offline difíceis para novos jogadores.

Por outro lado, ter um sistema personalizável como mostrado por “Broken Arrow” não só reduz a curva de aprendizado como também retém a mesma complexidade dos seus competidores. Isto por si só é um gigantesco avanço.

Veja o trailer e mais imagens de “Broken Arrow” abaixo. O game está previsto para lançamento em 2023 via Steam.

Vídeo do RTS “Broken Arrow” mostra personalização de veículos

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.