Company of Heroes 3

Vídeo vem, vídeo vai e nada de uma data para Company of Heroes 3. Fã de estratégia sofre mesmo, não é? O mais novo vídeo sobre o jogo de estratégia em tempo real da Relic foi publicado na última semana e se foca no novo sistema de destruição que estará incluso nele.

Os sortudos que jogaram a versão alpha puderam ver um pedaço dele em ação – e ele por si só já era uma baita evolução em comparação a Company of Heroes 2 no que diz respeito a destruição dos prédios. Mas pelo que o novo vídeo indica, a Relic está indo muito mais além do que meros efeitos visuais e mais detalhes.

Até então um dos principais pilares de Company of Heroes era a destruição dinâmica dos mapas e a facilidade de criar novas rotas. Todavia isso ficava limitado para pequenas estruturas como barreiras e prédios de menor porte – como alguns feitos de madeira em Company of Heroes 2. O terceiro game trará não só a destruição de prédios com mais de dois andares, como a possibilidade de criar “proteção” para suas tropas dos escombros.

A Relic está usando um sistema parte “predeterminado” e parte “gerado de forma dinâmica”. Os mapas não ficarão impossíveis de serem navegados, mas você poderá criar novas rotas ou áreas de defesa com maior facilidade.

Esta mudança drástica eleva muito o meu interesse em jogar Company of Heroes 3. Eu adoro a franquia da Relic, mas sentia que ela ainda deixava a desejar em certas áreas como o combate de infantaria quando comparado com jogos como Men of War: Assault Squad. Sei que a comparação é um pouco exagerada já que os públicos são distintos, mas se a Relic conseguir criar um jogo com um campo de batalha dinâmico e sem me fazer enlouquecer com o microgerenciamento que Men of War possui, eu ficarei muito feliz.

Vale lembrar que, em comemoração do aniversário de 25 anos da Relic, a franquia está em promoção no Steam até 23 de junho. Em conjunto, há uma segunda chance para resgatar o game “Armor of Heroes” – que toma um estilo arcade e é uma batalha de tanques para 1 até quatro jogadores.

Se você está interessado, basta se cadastrar no Company of Heroes CoH-Development por meio do site oficial, realizar o login e resgatar a sua cópia. Devo dizer que ele é um joguinho superdivertido e que dá para gastar umas boas horinhas nele. Ou, se preferir, tentando relaxar depois de perder a 15ª partida seguida de Company of Heroes 2 online – que é o meu caso.

Vídeo de Company of Heroes 3 apresenta novo sistema de destruição

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.