Toda semana há uma leva absurda de jogos sendo disponibilizado em várias plataformas, “Symphony of War: The Nephilim Saga” caiu no meu colo de surpresa durante todo o caos da “não E3”. Quando vi a página dele no Steam pensei: “Ah, mais um jogo no SRPG que vai tentar evocar Fire Emblem e não vai conseguir”. Estava errado, muito errado.

O projeto da Dancing Dragon Games pode ter muitos elementos de Fire Emblem, mas ele está mais para um misto de Ogre Battle com Fire Emblem – pegando o melhor de ambas as franquias – e com um dos melhores designs de mapas que já vi em recente memória.

A história é aquela mesma batida de “reinos que não se dão bem, revoluções” sem o refinamento de franquias mais renomeadas, não fede nem cheira; é mais do que o suficiente para te empurrar para a próxima missão. E, se a história não for o suficiente, o seu sistema de combate e combinação de tropas vai ser.

Em suma, cada exército é controlado por uma unidade “heróica”. Ele pode ser ajustado de acordo com a missão, melhorado entre missões e a quantidade de combinações que são, de fato, efetivas no campo de batalha é absurda.

Quer completar uma missão apenas com arqueiros e lanceiros? Se você entender qual tática usar, é viável. Alternar entre magos e cléricos também é outra opção. Unidades pesadas podem ser usadas para defesa, mas seu ataque não é patético como em tantos outros títulos.

O que me deixou mais boquiaberto até então é o quão fluído todos esses elementos são combinados como se criar um SRPG competente fosse algo fácil. As animações não são longas demais nem curtas demais, os mapas – como bem disse – são desafiadores no ponto certo e o sistema de interação entre personagens é bastante recompensador. Digo isso como uma pessoa que desativa animações assim que possível.

Eu planejo ter uma crítica mais aprofundada dele assim que eu tiver tempo de completar sua campanha, que de acordo com a desenvolvedora, dura em torno de 40h (haja tempo!). Mas as minhas impressões até então são bastante positivas e já deixo a minha recomendação se você gosta do estilo.

“Symphony of War: The Nephilim Saga” está à venda a partir de R$37,99.

“Symphony of War: The Nephilim Saga” mostra que SRPGs estão mais vivos do que nunca

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.