Em preparação para o lançamento no acesso antecipado do Steam (para quem não comprou na Epic Games Store), a Iceflake Studios lançou nesta quinta-feira (17) a décima grande atualização para Surviving the Aftermath. Além de uma bela de uma repaginada visual, o jogo recebe mais desafios para o early game e mudanças no sistema de produção e consumo de eletricidade.

Até a oitava atualização, Surviving the Aftermath era um jogo relativamente fácil de estabelecer uma colônia segura. As coisas começaram a mudar com mutantes e modos de jogo alternativos. A partir dessa atualização você terá apenas uma área limitada para construção e deverá desvendar o restante da área com um tipo de colono especialista em exploração. Esses colonos também serão usados para identificar depósitos de matéria-prima e possíveis fontes de alimento.

Complicando ainda mais as coisas, o sistema de eletricidade recebeu uma camada extra de atenção. O sistema anterior criava energia para a colônia inteira a partir de uma única subestação; agora será preciso colocar transformadores próximo aos edifícios que consomem energia. Muito como o sistema de água, você poderá “acumular” energia em geradores.

A atualização fecha com uma série de rebalanceamento no consumo de alimentos, a velocidade que eles podem apodrecer e a possibilidade de colonos morrerem de velhice. O último ponto chega a ser uma surpresa até para mim, pois jurava que tal mecânica já estava no jogo. Todavia, nunca vi um colono meu não ser comido por um javali radioativo ou morrer de tanta radiação que recebeu ao explorar áreas do mapa. Já deu para ver que não sou muito bom em Surviving the Aftermath, não é?

A lista de mudanças está disponível no Fórum da Paradox.

Surviving the Aftermath recebe repaginada visual e partidas mais desafiadoras

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.