Snowtopia

Dado o calor insuportável que tenho enfrentado no Rio de Janeiro, a ideia de “Snowtopia”, desenvolvido pela TeaForTwo e publicado pela Goblinz Studio, e com previsão de sair nesta terça-feira (26) no Steam Early Access é a resposta perfeita para ao menos ter a sensação de que em algum lugar deste planeta está fresco.

Como o nome muito bem indica, “Snowtopia” é um administrador / gerenciador de resort de Ski, mas ele não se limita ao estilo de jogos como Planet Zoo ou Planet Coaster onde a criatividade vem em primeiro lugar. Você precisa desenvolver rotas que sejam atraentes para o seu público administrar as finanças, desbloquear novas tecnologias e obviamente garantir que ninguém se machuque.

Um dos pontos que me saltou aos olhos são os diferentes “perfis de visitantes” que Snowtopia implementa com a promessa de variedade e desafio para o jogador. Certas pessoas irão preferir pistas mais tranquilas de se navegar, enquanto outros vão para o seu resort com o intuito de serem desafiados pelas pistas mais caóticas criadas pela humanidade.

Outro jogo que faz isto muito bem é o Golftopia, sobre o qual já escrevi aqui no site. Acredito que o uso de diferentes tipos de “perfis de visitantes” é uma ideia fantástica para fazer com que você quebre a cabeça para desenvolver o melhor resort possível ao invés de ficar no entediante “vamos fazer um local bonito” que alguns “gerenciadores” tendem a seguir.

A versão de acesso antecipado de Snowtopia contará com 12 perfis de visitantes, 6 montanhas, 10 tipos de restaurantes e 5 tipos de prédios de manutenção. A previsão é que ele fique de 1 a 2 anos em acesso antecipado para adicionar funcionalidades que vão de novas construções, temporadas, mais ferramentas de edição de rotas e a possibilidade de desastres como avalanches. Vale apontar, é claro, que este período pode ser estendido caso haja a necessidade.

Ainda não tive a oportunidade de jogar Snowtopia, mas não duvide que eu vou pular de cabeça assim que for possível.

Gerencie um resort de ski em “Snowtopia”

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.