Eu já vi muito jogo prometer o mundo, que é possível fazer isso e aquilo dentro do jogo. Porém, nunca vi um jogo prometer que você pode criar uma malha ferroviária em qualquer lugar do mundo como o NIMBY Rails da Weird and Wry, disponibilizado nesta semana via Steam Early Access por R$32,99.

“Pera, qualquer lugar do mundo?”, sim, é exatamente isto que você leu. Pense nele como um gerenciador de trens / metrôs ou qualquer tipo de veículo em trilhos em uma escala global. Você pode, por exemplo, recriar as estações de metrô da sua cidade enquanto administra uma linha de trens de altíssima velocidade do outro lado do planeta.

Tudo isso ocorre em tempo real e de acordo com a demanda de cada cidade, o que é algo igualmente fantástico e possivelmente entediante. Se você se focar apenas em um país ou região, você não terá muito o que fazer quando anoitecer. Vejo isso como um design que força o jogador a não só explorar mais do mapa, como administrar melhor o seu dinheiro.

O que foi? Achou que é só colocar as linhas e o dinheiro flui? De acordo com a Weird and Wry a versão inicial já tem um sistema econômico básico onde os passageiros irão avaliar a qualidade dos trajetos de acordo com o tempo e o custo da passagem. Coloque trens de baixa qualidade em um trajeto longo e você vai ver seu caixa ir para o vermelho. Caso prefira, pode chamar outra pessoa para jogar no modo cooperativo (apenas online) e se desesperar ao ver suas finanças irem para o ralo.

A previsão é que NIMBY Rails fique por mais um ano em acesso antecipado para que a desenvolvedora adicione novos tipos de linhas, um sistema de sinais, contratos públicos com governos e geração procedural de construções de acordo com a localização de uma estação.

Tive a oportunidade de jogar um pouco de NIMBY Rails e, para um jogo feito por uma equipe de duas pessoas, é um projeto de um escopo e ambição absurdas. Por incrível que pareça ele é simples de aprender e em alguns minutos você já terá uma malha ferroviária competente na cidade que você desejar. Não disse que ela vai gerar lucro, mas ao menos os trilhos estão no lugar.

E eu estou torcendo muito para que essa dupla consiga por os restantes dos “trilhos” nos próximos meses e expandir NIMBY Rails. É o tipo de jogo de nicho que eu me apaixono fácil e que mais desenvolvedores deveriam ousar criar.

Gerencie trens em qualquer lugar do mundo em NIMBY Rails

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.