City Block Builder

2022 continua criando alguns dos maiores desafios da minha vida, como “quantos jogos de gerenciamento o Lucas vai cobrir antes dele desmaiar de exaustão?”. A resposta ainda está no ar, mas “City Block Builder” da Tentworks Interactive (Steam) é mais um tentador para entrar na minha biblioteca.

A premissa do jogo é um tanto interessante. Ao mesmo tempo que ele quer que você gerencie empresas, ele almeja ter um sistema “macro” onde é possível fazer mudanças mais drástica na cidade. Por conta disso, o jogo oferece apenas a cidade de Los Angeles na década de 50.

Limitar o escopo me soa como uma ótima decisão pela Tentworks Interactive, já que de acordo com ela, você poderá construir clubes de jazz, cassinos, cinemas e ainda gerenciar cada elemento deles – da cor da parede até os funcionários.

É uma proposta no mínimo ambiciosa e uma que eu raramente vejo uma desenvolvedora tentar fazer dar certo. Não é à toa que ele vai entrar em “Early Access” e ficar ao menos 10 meses nessa etapa — ainda que eu acredite que essa etapa vai se estender um tanto. O período vai ser usado para expandir as suas mecânicas de gerenciamento e adicionar um modo campanha.

Estou com os dedos cruzados para que “City Block Builder” seja um baita sucesso. O mundo precisa de mais jogos de gerenciamento que tomem riscos e não sigam fórmulas tão predeterminadas.

O vídeo e imagens mais recentes apresentam algumas das mudanças que foram feitas na interface desde que o jogo foi anunciado:

“City Block Builder” entra em Early Access em 9 de agosto

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.