13 demos que você precisa testar no Steam Next Fest 2022

The Wandering Village

Steam Next Fest

De longe o “destaque” do Steam Next Fest para mim, The Wandering Village pode parecer mais um  “inspirado por Dwarf Fortress”, mas a Stray Fawn Studio se supera na proposta.

Em um mundo coberto por plantas venenosas, a salvação da população é Onbu, uma criatura gigante. Você então tem a tarefa de construir e administrar a cidade com os recursos limitados que possui e ainda garantir uma relação saudável com Onbu, já que a chance de chegar a um lugar seguro depende da criatura continuar viva e bem.

A demo do Steam Next Fest apresenta um das dezenas de biomas que estarão disponíveis na versão final, ainda sem data definida. A temática de “criar uma conexão” com a natureza, o seu sistema de construção e a interação com Onbu é o que faz The Wandering Village ser especial. Eu mesmo já passei horas pensando em diferentes layouts de cidade e aplicando-os na demo. Se você gosta de estratégia, é praticamente obrigatório.

Rogue Command

Steam Next Fest

Estratégia em tempo real, roguelike e cartas. A união dessas palavras fez você torcer o nariz? Dê uma chance para Rogue Command da fereq; ele é muito mais competente do que você imagina.

Com uma campanha gerada proceduralmente – algo que já foi visto em Planetary Annihilation – Rogue Command equilibra bem o uso de cartas como unidades e edificações, possui um sistema de obtenção de recursos e construção bem similares a Starcraft, e um combate frenético no estilo Command & Conquer. O resultado são partidas ágeis onde as cartas determinam a suas táticas, e não se você sairá vitorioso ou não do combate.

Attack at Dawn: North Africa

Como se cria um wargame denso que, ao invés de um sistema em turnos, utiliza um sistema de combate em tempo real e ainda é acessível? Attack at Dawn: North Africa parece ter resolvido o mistério dessa combinação.

A demo disponível durante o Steam Next Fest oferece o cenário de El Alamein e demonstra uma interessantíssima mistura de comandos que podem ser dados para suas tropas, incluindo tempo de resposta de ordens e uma IA que é capaz de fazer inveja a muitos jogos de estratégia por aí. É bom ficar de olho para o lançamento, pois vem coisa boa por aí.

Daymare: 1994 Sandcastle

A demo do prelúdio de Daymare 1998 já chega mostrando que a desenvolvedora aprendeu bastante com os tropeços do original. Ainda que um pouco demais focado na ação para o meu gosto, a série está começando de pouco em pouco a deixar as raízes de “homenagem a Resident Evil” e andar com as suas próprias pernas.

Minha única “crítica”, se é que posso chamá-la disso, é que a versão demo é curta demais. Poxa Invader Studios, deixa eu jogar mais Daymare: 1994 Sandcastle!

Mail Time

Repleto de personagens carismáticos e uma trilha sonora agradável, a missão da protagonista em entregar cartas em um vilarejo se torna uma experiência memorável mesmo que a demo seja curta.

Cada pedacinho da demo é recheado de simpatia na medida certa. Uma boa dose de exploração e elementos de plataforma o colocam no meu radar como um daqueles jogos para dias chuvosos. Mail Time é como receber um grande abraço da pessoa que você mais ama.

Turbo Overkill

A leva de shooters “old school” não tem fim e toda vez que um novo é apresentado para mim, eu fico com o pé atrás, imaginando se ele vai ser “mais do mesmo”, se esgueirar nas “Homenagens”, ou tentar algo diferente. Turbo Overkill cai na terceira categoria. A demo que vai estar disponível durante o Steam Next Fest dá um delicioso gosto de um shooter que entende as suas raízes mas não fica atrelado a elas. As fases apresentam um ótimo grau de verticalidade e as armas são bem distintas. Além do que, você pode deslizar e matar seus inimigos com seu pé de serra elétrica! Como não amar?

Hero’s Hour

Imagine a seguinte proposta: Heroes of Might & Magic, mas o combate é automático. Atiçou o seu interesse? Então Hero’s Hour vai garantir umas boas horas de diversão. Benjamin Hauer pegou os melhores aspectos da franquia, diluiu em algo mais acessível, mas manteve o combate tão tático quanto os jogos originais.

A versão demo do Steam conta com dois cenários – um mapa 1vs1 e um mapa 4vs4 – e ambos demonstram que a IA não está para brincadeira e irá atacar sua base na primeira deslizada. A versão 1.0 sai em 1º de março; alternativamente, você pode ter acesso a mais conteúdo do jogo comprando ele no itchio.

Sky Caravan

Gostoso de jogar e bom para dar boas risadas, a demo de Sky Caravan dos brasileiros da Studio Bravarda tem tudo para agradar quem gosta de RPGs, escolhas impactantes e gerenciamento de recursos.

A sua estrutura me lembra bastante o igualmente fantástico Star Traders: Frontiers, mas sem a presença de combate. A demo, que dura em média de 30 a 60 minutos, dá acesso à primeira missão do jogo e apresenta as principais mecânicas. Eu digo “em média” pois na minha mão durou quase duas horas em consequência da variedade de escolhas que podem ser feitas. Não era um jogo que estava no meu radar, mas agora vou ficar de olho.

The Past Within

Steam Next Fest

A desenvolvedora Rusty Lake é uma grande queridinha minha. Ela sabe juntar adventure, mistério e eventos sinistros em um único pacote e já demonstrou isso em vários jogos. The Past Within é mais um passo nessa jornada e talvez o mais ambicioso até então.

Nele, dois jogadores, cada um em uma linha do tempo diferente, precisam colaborar juntos para solucionar mistérios, quebra-cabeças e entender mais sobre a história de Albert Vanderboom — um dos personagens da série Rusty Lake.

A demo pode ser jogada em modo coop local e online, e a versão final terá suporte a partidas com dispositivos mobile e consoles. Recomendadíssimo!

Dandy & Randy DX

Steam Next Fest

Outro brasileiro na lista, Dandy & Randy DX é o jogo perfeito para quem cresceu com Goof Troop – que imagino ter sido uma das principais inspirações para o game. Explore uma ilha, resolva quebra-cabeças, jogue cenouras e bombas nos seus inimigos.

A demo dá acesso à “área inicial” do game e, se ele não te conquistar pelos controles precisos e a arte, ele vai te deixar cantarolando a música tema o resto do dia, ou quem sabe da semana.

Bomber Blok

Steam Next Fest

“Que interessante, um jogo no estilo ‘sokoban’ de explorar cavernas e pegar gemas!”. Ah, como eu estava enganado sobre Bomber Blok. Embora essa seja a premissa do jogo, o protagonista, o planeta peculiar onde ele pousou e a interface do jogo parecem hostis.

Essa inversão de “jogo relaxante sobre resolver quebra cabeças” para “o que será que pode acontecer quando eu terminar essa fase?” garantiu a presença de Bomber Blok nessa lista. Mais um que vou acompanhar de perto.

Whisker Squadron

Steam Next Fest

Star Fox mas com gatos e geração procedural — preciso dizer mais? Whisker Squadron, que está em desenvolvimento desde meados de 2020, é mais uma prova que a Flippifly (Race The Sun, Evergarden) é capaz de se reinventar a cada jogo. Os controles precisos, variedade de inimigos e estética bem “flat shaded” são alguns dos pontos altos da demo.

Ixion

Por um lado eu estou surpreso que a Bulkwark Studios, mais conhecida pelo seu trabalho em “Warhammer 40,000: Mechanicus”, foi capaz de criar um gerenciador de estação tão cativante quanto Ixion. Por outro, a proposta do jogo é perfeita para a desenvolvedora: administrar uma estação espacial e guiá-la até encontrar uma nova casa para a humanidade.

Com pinceladas de Startopia e uma trilha sonora de bater palma, a demo dá acesso à primeira hora de jogo, e não precisa mais do que isso para me convencer que será excelente quando for lançado. O sistema de gerenciamento de recursos é complexo na medida certa, a estação espacial é detalhada e, mais uma vez, a Bulkwark acerta a mão no que mais importa: fazer com que as suas estratégias e táticas para lidar com eventos aleatórios sejam impactantes.

13 demos que você precisa testar no Steam Next Fest 2022

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.