Bastou inicializarmos Door Kickers, da desenvolvedora KillHouse Games, ouvirmos o som “Tango Down” que sabíamos que coisa boa estava por vir. .

Se você tem por volta de 20 a 30 anos e jogava no PC na década de 90, com certeza se lembra das primeiras versões de Rainbow Six. Imagine a tela de planejamento, onde você ajustava suas equipes para fazer uma rota específica dentro da área da missão; transforme esse conceito em um jogo e assim nasce Door Kickers. Para compararmos com algo mais atual, imagine Frozen Synapse, em tempo real, mas com a possibilidade de salvar e sem ver previamente qual será o resultado de sua ação.

Sua premissa é bem simples, você entra na pele de um “comandante” da SWAT, a famosa equipe tática da polícia de Los Angeles. Cada fase gira em torno de uma edificação onde seus soldados têm de invadir e eliminar os bandidos ou até mesmo resgatar reféns.

Door Kickers

A Killhouse Games nos cedeu a versão alpha de Door Kickers para testarmos. O jogo ainda está em desenvolvimento e não conta com todas as opções que estarão disponíveis na versão final.

As 21 missões disponíveis mostram que o game não é para aqueles que esperam gratificação instantânea. Door Kickers precisa de planejamento, noção de onde está o inimigo e sabedoria para movimentar as suas unidades.

Não existe uma segunda chance para os seus soldados, basta entrar em uma área errada com dois inimigos e você pode ter a certeza de que eles não sairão vivos. Duas balas são mais do que o suficiente para fazer uma missão difícil se tornar impossível.

Quer mais dificuldade? Não se preocupe, alguns inimigos patrulham uma área específica, o que torna uma questão de saber posicionar seus soldados para que eles não sejam pegos de surpresa. Eu não fiz isso uma vez. Resultado? Três soldados mortos por minha incompetência.

Claro que por se tratar de uma equipe tática, a presença de gadgets é evidente. Cada soldado conta com um dispositivo que permite ver por debaixo das portas e flashbangs. Ambos são essenciais para invadir locais dois ou mais inimigos bem posicionados.

Coloque seus soldados em posição, verifique a quantidade de inimigos na sala, solte uma flashbang e observe como a ação é realizada quase que com maestria. Uso “quase” porque a maestria já deu lugar à “total decepção” em certas partes.

Uma coisa pela a qual parabenizo os desenvolvedores está na facilidade para aprender. Todas as suas ações são realizadas pelo mouse; para que o seu soldado se mova para um ponto em específico basta clicar nele, arrastar o mouse e uma linha será criada.

Door Kickers

Exemplo de uma missão em Door Kickers

Algumas funções como waypoints ainda não estão disponíveis, mas a desenvolvedora promete que na próxima atualização eles serão implementados, que serão tão intuitivos quanto a movimentação.

Outras adições incluem a sincronização entre diferentes equipes ou elementos do time. Um exemplo que posso citar seria invadir uma sala com três inimigos.

Você assim pode a ação de tal formaque um dos seus soldados taque um flashbang por uma das portas enquanto outros dois invadam a sala pela porta traseira e eliminem os bandidos.

Graficamente o jogo é bem razoável, mas não de uma maneira negativa. A parte da ação ocorre em uma visão com perspectiva vinda do topo, que facilita toda o planejamento e jogabilidade. Não sei o quanto da arte já feita é final ou ainda está em desenvolvimento, portanto não temos como sequer avaliar.

Um ponto importante é o quanto a desenvolvedora dialoga sobre novas funcionalidades a serem implementadas com a comunidade. Em seu fórum oficial, a empresa deixa um tópico aberto para discussão sobre quais características devem ser colocadas no Door Kickers, algumas delas muito interessantes. De acordo com a KillHouse Games, boa parte do que foi comentado no tópico mais cedo ou mais tarde aparecerá na versão final.

Door Kickers

O que temos como garantia no momento são novos modos, mapas, classes de soldados, um gerador automático de missões e um editor para criar a sua própria missão ou campanha.

Mesmo com essa versão Alpha, DoorKickers vai te divertir o suficiente para justificar completamente o dinheiro gasto. Ah, já falamos sobre seu preço? Só oito dólares. Sim, oito dólares, não é nove, nem sete, oito.

Você precisa de algum outro motivo para compra-lo? Não né? Pois bem, acesse o seu site oficial e corre lá. Aproveite e vote para que ele seja lançado também no Steam pelo Greenlight.

Preview: Door Kickers

About The Author
- Colaborador para a EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.