RTS Act of Aggression tem novas informações reveladas

A Eugen Systems, desenvolvedora de Wargame, revelou mais detalhes de Act of Aggression, o seu mais novo RTS em desenvolvimento e previsto para lançamento em 2015 para o PC.

Act of Aggression é o maior projeto da Eugen desde Act of War

Ao contrário de Wargame, onde o foco era movimentação, aprender como controlar zonas no mapa, Act of Aggression se foca nas mecânicas dos games de estratégia dos anos 90. Ou seja, teremos construções de base, obtenção de recursos pelo mapa e produção de unidades.

Act of Aggression contará com três facções.

  • O Cartel: A facção se focará em ser furtiva, com protótipos frágeis, mas com a mais poderosa tecnologia em furtividade. A Eugen aponta que essa será a facção mais difícil dos jogadores aprenderem a jogar
  • Exército dos Estados Unidos: O exército nos EUA em Act of Agression não usará a tecnologia mais avançada das facções, porém sua experiência de combate ajudará ao jogador em certas situações de combate.
  • Chimera: Uma força tarefa criada pela ONU para que se adapte a qualquer situação.  Suas unidades poderão ser modificadas através de melhorias para que as mesmas sirvam para fins específicos.

Act of Aggression

A Eugen Systems aponta que Act of Aggression ao contrário de games como WarCraft III ou Company of Heroes 2, que envolviam um grande micro gerenciamento de suas unidades, se focará no macro gerenciamento. Uma mudança ao meu ver positiva, já que games focados em micro tendem a me cansar mais rápido.

Você pode esperar também construção de bases adicionais, gerenciar linhas de suprimento para garantir recursos, capturar pilotos ou soldados de unidades destruídas como prisioneiros de guerra e armas super potentes de destruição em massa.

Além das novidades reveladas, a Eugen Systems mostrou um conjunto de artes conceituais do game. Confira também o mais novo teaser trailer.

RTS Act of Aggression tem novas informações reveladas

About The Author
- Colaborador para a EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.