Um relatório fiscal da Nvidia parece ter deixado escapulir uma informação consideravelmente importante, a existência de Grand Theft Auto V para PC.

Corpo

Em meio a comentários sobre a evolução do mercado de computadores e que tablets estão servindo melhor à necessidade daqueles que só usam o PC para ler e acessar e-mails, é dito que as vendas dos computadores montados para jogar continuam crescendo. Evendeen completa o raciocínio dizendo que os “jogadores estão preparando seus sistemas para uma forte lista de jogos que vem nesse outono,” no caso a primavera no Brasil, “incluindo franquias de sucesso, como Call of Duty: Ghosts, Grand Theft Auto V e Assassin’s Creed IV.”

Para nós jogadores de PC, essas são ótimas notícias. Não foi anunciado o lançamento do título para nossa plataforma na época, mas apesar de um rumor, já é suficiente para alimentar a esperança. A Rockstar ainda não confirmou nada, então é sensato conter a empolgação.

Se tiver interesse em ler sobre a discussão da Nvidia, fique à vontade. (Em inglês)

Multiplayer

GTAONLINE_THURS-AUG-15_640x640

Além disso, é interessante preparar o coração para o multiplayer do Grand Theft Auto V que será revelado nessa quinta-feira. No dia, será revelado um vídeo de gameplay e previews.

Espero sinceramente que um esforço incomparavelmente maior em relação ao seu predecessor imediato Grand Theft Auto IV tenha sido posto no modo multijogador, que até hoje apresenta problemas.

Conheça Los Santos e Blane County

Finalmente, recentemente a Rockstar criou uma página em seu site onde pode ser feito um tour pelo ambiente no qual se passará GTA V: A cidade de Los Santos e o campo de seus arredores, Blane County. A página inclui novas imagens e informações sobre o título.

Para acessá-la, clique aqui.

Rumores apontam Grand Theft Auto V para PC

About The Author
- Estudante de engenharia que tem como principal hobby os jogos de estratégia competitivos e os títulos que são fáceis de entender mas difíceis de dominar. Jogo desde que um computador entrou pela porta da de casa e, apesar de já ter passado pela fase dos consoles da Sony, está claro que o PC é minha preferência insubstituível.