EVE Online

Faz pouco mais de três anos desde a última vez que joguei EVE Online e desde então tenho me mantido como um mero espectador. A atualização Arms Race, lançada nesta semana para o MMO, pode mudar isso. Focada naqueles que jogam via o modelo free-to-play (contas Alpha), ela aumenta o acesso de naves e habilidades para aqueles que preferem não pagar por uma assinatura.

Anteriormente os jogadores que possuem uma conta alpha tinham acesso apenas 21 naves, número este que foi aumentado para 145 e inclui Battleships e Battlecruisers. Junto a isto a desenvolvedora ajustou mais de 100 habilidades para que eles possam adquiri-las e pilotar tais naves com mais proficiência. Claro que, como esperado, aqueles que pagam por uma assinatura (contas Ômega) ainda terão mais “vantagem”, ainda mais em questão de batalhas de grande escala – coisas que boa parte da comunidade não irá participar a não ser que invistam um tremendo tempo de jogo em EVE Online.

Tais mudanças são muito bem-vindas pois desde o lançamento de contas free-to-play em 2016, a comunidade sempre as viu como uma forma de “trial”, um gostinho do que era o jogo completo devido a imensa limitação de habilidades e naves.

E não seria uma nota sobre EVE Online sem um pouco de drama da comunidade, não é mesmo? Nas últimas semanas as grandes corporações – clãs controlados por jogadores – tem demonstrado um maior interesse por jogadores free-to-play, ou mais especificamente, que papel eles agora podem preencher em combate PVP. Mais recrutas com acesso a Battleships significa que novas estruturas organizacionais e papéis que vão além de suporte em campo, podem aparecer com mais frequência.

Atualização Arms Race expande recursos oferecidos para contas free-to-play de EVE Online

About The Author
-

Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.