ABRISS

Eu adoro o quanto nós evoluímos no que tange a inclusão de voxels em jogos. Depois de Teardown, a explosão – literal – de jogos com premissas similares vieram aos montes. Um dos mais antecipados por mim, ABRISS da Randwerk, teve seu acesso antecipado no Steam confirmado para 14 de abril durante o Future Game Show. Preço no Brasil ainda não foi divulgado

“Pera lá Lucas, um jogo onde o propósito é destruir tudo?”, sim caros leitores. ABRISS é peculiar desse jeito. Cada fase é composta por um quebra-cabeça onde você possui peças específicas e, a partir delas, construir uma geringonça que se tudo der certo, vai atingir o alvo e destruí-lo.

Do que eu joguei da versão demo, que está disponível no Steam, ele me lembra um tanto o “clássico” Besiege mas com elementos mais modernos e insanos. Há dezenas de maneiras de completar uma missão – seja torres imensas que irão cair e explodir tudo – colocar um foguete na traseira de blocos e torcer para o melhor, ou ir com calma e construir algo bem feito. Isto é, se é que “bem feito” possa valer de qualquer coisa em “ABRISS”.

A previsão é que o ABRISS fique ao menos um ano em acesso antecipado. A versão que estará disponível em 14 de abril contará com 35 fases, enquanto a versão final prevê 49 e dois novos mundos.

Se você está com tempo livre, baixe demo de ABRISS e se divirta com ela. Te garanto que você não vai se arrepender.

“ABRISS”, game onde o objetivo é destruir tudo, entra em Early Access dia 14 de abril

About The Author
- Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.