Gladius

Alguns anos atrás eu diria que um 4X de Warhammer 40K não funcionaria, mas após ser provado seguidamente pela Creative Assembly que um Total War da série funciona, e muito bem, o anúncio feito nessa sexta-feira pela Slitherine do 4X Warhammer 40K: Gladius – Relics of War, faz ele soar como algo plausível. Ele está previsto para 2018 no PC.

Ambientado no planeta que dá nome ao jogo, Gladius dará a opção de o jogador escolher entre quatro facções – Space Marines, Imperial Guard, Necrons e Orks – pelo controle territorial. Para quem não conhece o conceito de jogos de estratégia 4X, a abreviação vem de Explore, Expand, Exploit, Exterminate – elementos que compõem a base da jogabilidade. Ou seja, basicamente o jogador deve construir cidades, reforçá-las, obter recursos para aumentar o seu exército e assim derrotar o inimigo. Claro que existem inúmeras variações do conceito, que vão de games que se focam mais na diplomacia, comércio, aos focados no combate.

Diferente de um 4X mais tradicional, como Civilization, Gladius terá como foco a história de cada uma dessas facções e o desenrolar do domínio do mapa irá determinar como essa trama será mostrada. A Slitherine, no entanto, não comentou se usará um sistema similar ao de Endless Legend – baseado em quests – ou um onde é preciso controlar pontos específicos para prosseguir.

Tudo ainda é muito nebuloso em questão do funcionamento do game e o trailer de anúncio não explica como serão implementadas mecânicas como diplomacia ou obtenção de recursos. Mais detalhes serão mostrados em uma transmissão às 17h (Horário de Brasília ) de 1º de dezembro no canal do no Twitch da Slitherine.

4X Warhammer 40K: Gladius é aunciado

About The Author
-

Ex-colaborador da EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.