Nos últimos dias tenho aguardado e-mails chegarem, não sobre trabalho, nem sobre algo realmente importante, mas sim que meu oponente acabou de enviar mais um turno em Frozen Endzone.

Desenvolvido pela mode 7 Games, Frozen Endzone é uma mistura de futebol americano, estratégia por turnos e um cenário sci-fi.

As partidas se dividem entre dois times. Um que precisa pegar a bola e levar até o final do mapa, ou a Endzone, enquanto outra precisa prevenir que isso aconteça.

Toda a ação se desenrola por turnos, você movimenta seus personagens, o inimigo movimenta os dele e por aí vai. É aí que toda a glória de Frozen Endzone aparece.

frozen endzone

Não se assuste, nas primeiras partidas é bem provável que não entenderás nada. São tantas variáveis que devem ser levadas em consideração, no início é bem provável que perca várias vezes antes que comece a ter alguma nocao do que está acontecendo.

“Po, mas eu não entendo nada de futebol americano!” Calma, cara, não precisa. O esporte de Frozen Endzone apenas lembra um pouco, não significa que você precisa conhecer as regras, etc, para se divertir.

Na versão alpha que testamos, Frozen Endzone conta com um tutorial, mas não bom o suficiente para colocar o jogador a par das possibilidades de uma partida.

Sendo assim, fomos para o matchmaking, que por si só merece palmas. É um sistema inteligente, no canto da tela você encontra quais partidas você está envolvido, assim como recebe notificações tanto dentro do jogo ou por email quando um oponente seu acabou de realizar uma jogada.

Esse sistema faz com que eu não me sentisse pressionado a resolver os turnos de maneira rápida, assim como me focar em outras coisas enquanto jogava Frozen Endzone.

Isso me lembrou outro desejo, que Frozen Endzone também saísse para tablets. Eu não sou um mega fã do mercado mobile, mas é um daqueles títulos que cai muito bem para se jogar de tempos em tempos deitado na cama ou fora de casa.

frozen endzone

Claro que, devido a ser um alpha, algumas funcionalidades não estão ativas, assim como modos de jogos adicionais sofriam de bugs e movimentações estranhas dos meus personagens. Isso bem provavelmente será consertado na versão final, lembrem-se, um alpha, ainda há muito a ser feito.

Se ignorarmos isso, a parte técnica de Frozen Endzone é ótima. Os menus são intuitivos, tanto os gráficos como estética se encaixam no propósito.

O especial mesmo é sua trilha sonora, que trilha sonora sensacional, as vezes abria só pra deixar a música do menu principal rolando enquanto fazia outra coisa.Obviamente isso não dava certo e eu acabava indo jogar.

Frozen Endzone merece a sua atenção. Ele vicia, é simples de se aprender, porém complexo de se tornar um mestre. Caso não aguente esperar, já pode compra-lo direto de seu site oficial, mas lembre-se, terá de aguentar alguns bugs e coisas assim.

Preview – Frozen Endzone

| Artigos, Slider |
About The Author
- Colaborador para a EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.