A data de ontem foi marcada por um acontecimento triste no mundo gamístico. Após chegar ao ponto crítico de uma crise que se prologava já havia 5 anos a THQ declarou falência. Jason Rubin, presidente da empresa, declarou em uma carta aberta para a indústria que a decretação de falência da empresa foi um passo positivo e garantiu que títulos como Saints Row 4 e Homefront terão continuidade no seu desenvolvimento.

Várias foram as tentativas da produtora pra sair do vermelho, a THQ participou de um Humble Bundle e até deu cópias do Metro 2033 pelo Facebook porém nada disso foi suficiente há 15 dias a THQ entrou com pedido de falência buscando a proteção do Capítulo 11 da legislação norte-americana.

No final do dia 22 a produtora foi a leilão e com isso a THQ deixou de existir. Seus estúdios e propriedades intelectuais foram desmembrados e vendidos para diferentes compradores.

Rubin explicou “Isso não significa o fim da história da THQ e dos jogos que vocês amam, muito pelo contrário. Na verdade é o oposto. O Capítulo 11 é uma rede de segurança para empresas norte-americanas. American Airlines está atualmente sob os termos do Capítulo 11. A MGM entrou nos termos do Capítulo 11 há dois anos, e este ano lançou 007 Skyfall e O Hobbit, dois dos maiores filmes de 2012. Isso é o que eu quero dizer com um novo começo.”

Confira como ficou a divisão das propriedades intelectuais da THQ:

A Sega comprou a Relic Entertainment por 26,6milhões de Obamas.

A Take-Two adquiriu a Evolve por 11milhões de Obamas.

A Kock Media comprou a Volition Inc.(que fez a tão desejada, linda e poderosa, sim eu amo, série Saint`s Row) por 22 milhões de Obamas.

Por apenas 544 mil Obamas a série Homefront foi comprda pela Crytek.

A Kock Media também adquiriu a série Metro (que continua em desenvolvimento) por 5,9 milhões de Obamas.

A licensa para produzir jogos da série South Park ficou com a Ubisoft por 3,2 milhões de Obamas.

As demais propriedades da THQ como a Vigil Software, desenvolvedora de Darksiders, ainda estão sobre a proteção do Capítulo 11. A produtora garantiu que irá tentar vender estas propriedades para compradores adequados porém isto é incerto ainda.  A Platinum Games havia comentado em seu Twitter um certo interesse pela compra da Vigil games, mas não se sabe se foi apenas uma brincadeira ou a empresa está realmente atrás do estudio criador de Darksiders

Para a gente que curte um bom game resta torcer para que a Sega, Ubisoft, Crytek Take-Two Interactive e a Kock Studios mantenham o ótimo trabalho que vinha sido desenvolvido pela THQ.

É uma pena não ter mais a THQ desenvolve games para nós, obrigada THQ por todas as horas de divresão que nos garantiu!

Fica minha homenagem a THQ um dos dias mais divertidos com minha linda cabeça de gato e meu namorado nigga!

O “novo começo” da THQ

| Notícias |
About The Author
-