Hoje é um dia triste senhores, em nota publicada nesta quarta-feira (03), a Lucasarts foi fechada pela Disney. A empresa foi comprada junto com o resto das empresas de George Lucas em 2012.

Sendo assim, os dois projetos, Star Wars 1313, visto durante a E3 2012, e Star Wars: First Assault foram cancelados. A marca continuará a ser usada, mas não será a atrelada a nenhum estúdio de desenvolvimento

“Após análise de nossa posição no mercado de jogos, decidimos mudar o foco da LucasArts de um desenvolvimento interno para um sistema de licença. Assim minimizando o risco da empresa enquanto tendo um maior portfólio de jogos da franquia Star Wars de qualidade”, aponta a empresa.

LucasArts é fechada pela Disney

O último grande lançamento da empresa foi o Kinect Star Wars em 2012. Ele acabou por ter notas medianas da crítica e foi profundamente repudiado pelos fãs com alegações de ser somente “minigames”. Como o nome diz, seu foco principal é na utilização do sensor de movimentos da Microsoft, o Kinect.

Uma das coisas que mais irritou foi o minigame de dança, que mistura os personagens famosos, como Han Solo e músicas pop atuais, como você ve no vídeo abaixo.

 

A época de glória da Lucasarts foi mesmo durante a década de 90. Quem não se lembra de adventures, como The Dig, Full Throttle, Grim Fandango e Monkey Island? Quem não perdeu horas no multiplayer de Star Wars – Jedi Academy?

LucasArts é fechada pela Disney

É triste ver uma empresa dessas partir, mas temos de aceitar o fato que nos últimos anos ela realmente não andava muito bem das pernas no quesito lançamentos. Star Wars The Old Republic não fez muito sucesso, Force Unleashed II também ficou abaixo do esperado.

Independentemente de quem for agora criar jogos do Star Wars, só podemos torcer para que ele faça um bom trabalho. Já para adventures, é melhor contar com a Double Fine, que mostrou recentemente as primeiras imagens de seu novo jogo, Broken Age.

Vamos nos lembrar de um dos melhores adventures já lançados:

LucasArts é fechada pela Disney

About The Author
- Colaborador para a EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.