Em nota, a Deep Silver anunciou nessa segunda, 3, Homefront: The Revolution. Previsto para 2015, dessa vez a Crytek cuidará do desenvolvimento, trabalho dado anteriormente para a Kaos Studios no game original.

Homefront: The Revolution – foco no open world

Quatro anos após os eventos de Homefront, a ação se passa agora em Filadélfia. Uma das novidades será sua estrutura open world. O jogador poderá recrutar novos soldados para a resistência, construir armas improvisadas, estabelecer bases, safehouses e muito mais.

Homefront: The Revolution

Além de sua campanha, Homefront: The Revolution também contará com coop online, mais detalhes ainda não foram revelados. É possível que esse modo tenha algum vínculo com o single-player.

Homefront: The Revolution chega em 2015 para PlayStation 4, Xbox One e PC por US$ 59,90 / US$ 49,90 (PC) . Confira abaixo seu primeiro trailer e imagens abaixo:

Apesar de um multiplayer relativamente interessante, o primeiro Homefront caiu facilmente na categoria de jogos medianos. Sua campanha era curta com uma duração de apenas 3 horas, a versão PC foi lançada cheia de problemas e por aí vai.

Espero que, dessa vez com a Crytek no comando, tenhamos menos dores de cabeça. Ao menos já sabemos que os gráficos serão belíssimos, resta o gameplay.

 

Desenvolvido pela Crytek, Homefront: The Revolution chega em 2015

About The Author
- Colaborador para a EGW e redator para o BABOO. Tento constantemente entender sistemas e relacioná-los às emoções e reações que sentimos nos jogos.