A Ubisoft, desenvolvedora de Assassin’s Creed disse que tem ideias para o eventual término da série, quando quer que isso aconteça.

Durante uma entrevista, o diretor de Assassin’s Creed 4 Ashraf Ismail explicou que os chefes da franquia têm uma ideia de como eles querem que a série termine.

Ele afirmou que a Ubisoft possui vários times de desenvolvimento, e portanto contam com vários escritores e designers preocupados com a visão da série como um todo. Com isso, fica claro que existe um enredo geral onde todo título de Assassin’s Creed tem seu lugar dentro dele.

Corpo

“Nós temos uma ideia de onde o final é, o que o final é. Mas é claro que Yves (Guillemot, chefe da Ubisoft) anunciou que somos um título anual, lançamos um jogo por ano. Então dependendo do cenário, dependendo do que os fãs querem, temos mais espaço para encaixar mais nesse arco de história. Mas existe um final.

Uma vantagem de ter vários jogos em desenvolvimento ao mesmo tempo é que diferentes equipes agora são capazes de compartilhar notas e incluir dicas nas séries futuras.


“Agora somos capazes de semear coisas cada vez mais cedo nos nossos jogos,” continuou Ismail. “Então por exemplo no Assassin’s Creed IV temos Edward, que foi semeado em AC3. Mas existe muito mais coisa no nosso jogo que está dando dicas para outras possibilidades.”

A coleção de estúdios da Ubisoft coletivamente tem pelo menos dois anos para cada Assassin’s Creed, mas ainda existem características sendo trabalhadas que foram empurradas para o próximo título.

A embarcação em navios teve que ser reduzida para uma cut-scene no AC3, apesar de ter sido originalmente planejada como um evento em tempo real. O time de Assassin’s Creed 4 agora foi capaz de ter de implementar isso em Black flag, mas se encontraram muito ambiciosos em outra área.

“O maior corte que fizemos – o qual estávamos trabalhando duro nele, mas sentimos que não poderíamos realiza-lo numa qualidade suficientemente alta – era o multiplayer com batalhas navais” segundo Ismail.

“Nós tínhamos protótipos realmente legais, mas fazer isso funcionar e balancear os sistemas – o balanceamento de navais é complicado – fazer isso no multiplayer… nós simplesmente não podíamos fazer isso nessa iteração.”

A forma que a Ubisoft trata a série Assassin’s Creed, sempre inovando e levando em conta a qualidade do entretenimento que chegará aos seus fãs, é uma ótima receita para a continuidade do sucesso da franquia; o que não remove a necessidade de ter um final planejado. Cabe aos jogadores determinar quando ele entrará em vigor.


Existe um final para Assassin’s Creed

| Artigos |
About The Author
- Estudante de engenharia que tem como principal hobby os jogos de estratégia competitivos e os títulos que são fáceis de entender mas difíceis de dominar. Jogo desde que um computador entrou pela porta da de casa e, apesar de já ter passado pela fase dos consoles da Sony, está claro que o PC é minha preferência insubstituível.