Você é um herói suporte e sua lane está avançando demais. O carry que você tanto zela está fora de posição e pode muito bem ser surpreendido por um inimigo visto que se encontra tão longe da segurança da torre. A forma mais rápida e eficaz de se fazer isso é puxando seus creeps da sua lane para a jungle. Não sabe nada disso? Então vamos aprender a como fazer pull no Dota 2.

Depois da atualização 6.79, os creeps de Radiant localizados em bot e os creeps do Dire localizados no top têm um bônus na movimentação assim que passam paralelamente ao campo da jungle utilizado para os pulls nos 15 e 45 segundos de cada minuto da partida. O local que falamos é esse:

Como fazer pull no Dota 2

Isso ocorre para que as unidades se encontrem mais perto da torres de seu oponente, nesse caso, Dire Bot e Radiant to. Então se você pretende puxar seus creeps e recuar a lane, deve bater nos creeps da jungle em torno dos 12 ou 42 segundos de cada minuto e correr de volta para a lane.

Como fazer pull no Dota 2

Note que existe um detalhe importante para essa técnica. Quando o relógio do jogo apontar que você já está nos 7:30 minutos de partida, os creeps deixam de ter um bônus na velocidade de movimento. Sendo assim, para fazer pulls depois desse período basta atrasar um pouco o processo e bater nos creeps da jungle aos 15 ou 45 segundos de cada minuto.

Vale lembrar que esses não são valores fixos. Se o seu golpe encontrar os monstros neutros um segundo antes ou depois, o seu pull provavelmente não estará perdido; continue como se nada tivesse acontecido.

Tome cuidado também com as ondas de creeps que vêm acompanhadas de uma catapulta. Puxar elas para fora da lane facilitam o trabalho da catapulta inimiga de chegar à sua torre, o que causa um dano significativo que poderia ser evitado com mais 30 segundos de paciência.

Outro detalhe importantíssimo é o tempo de respawn de todos os monstros da jungle, que se dá no início de cada minuto mostrado no relógio, ou :00, com exceção da primeira vez que eles nascem, aos 30 segundos após o início da partida.

Esse dado é importante por duas razões:

  • A primeira é que se você tem interesse em matar o que está para aparecer no campo vazio, certifique-se que não existam heróis, unidades ou wards perto do local.
  • A segunda razão é uma consequência disso. Para nascerem novos monstros, os antigos não precisam morrer, só não podem estar por perto quando o minuto virar.

Então se você resolver stackar os creeps, ou seja, amontoá-los, como mostra a imagem abaixo, basta bater neles em torno do segundo :52 cada minuto e correr para longe do campo. Isso funciona para todos.

Como fazer pull no Dota 2

Senhor suporte, é crucial que você agrupe ao menos dois grupos de neutrals, ou os inimigos da jungle, antes de puxar os seus creeps de volta para a lane. Se isso não acontecer, alguns dos creeps sobreviverão a batalha e retornarão à lane. Assim, a zona de segurança que se tem em volta da torre é perdida, já que os mesmos estarão mais avançados que o normal  e possivelmente próximos a torre inimiga.

Existe uma solução para esse problema, mas é um pouco mais complicada. Corte uma ou duas árvores, abra caminho para o campo que fica atrás do usado para recuar a lane e puxe os monstros dele para o combate quando a primeira leva estiver prestes a morrer. Seus creeps os seguirão de volta ao campo inicial campo e a matança vai voltar a acontecer no local. A imagem abaixo descreve melhor como realizar o procedimento:

Como fazer pull no Dota 2

Com isso, você sabe tudo que precisa para botar seu carry em uma posição mais segura e ainda por cima farmar um pouco com os last hits da jungle. Fique atento que novos guias vão aparecer no futuro, aproveite para ver alguns de nossos guias já postados:

Guia para Wraith Night – evento de natal do Dota 2
Guia de wards para Dota 2 com mapa interativo
Guia de Support no Dota 2: O Básico
Guia de Support no Dota 2: Atitude
Guia de Support no Dota 2: Itens e sobrevivência
Guia de Support no Dota 2: Botando em Prática

Guia: Como fazer pull no Dota 2

| Artigos, Dota, Slider |
About The Author
- Estudante de engenharia que tem como principal hobby os jogos de estratégia competitivos e os títulos que são fáceis de entender mas difíceis de dominar. Jogo desde que um computador entrou pela porta da de casa e, apesar de já ter passado pela fase dos consoles da Sony, está claro que o PC é minha preferência insubstituível.